conecte-se conosco Community Verified icon Verified

Ultimas Notícias

Duna: Parte Dois Chega ao Max: Data de Lançamento Revelada

Publicados(masculine)

sobre

Duna: Parte Dois estará disponível no Max no dia 21 de maio.

Duna: Parte Dois está chegando ao Max mais cedo do que o esperado. Na terça-feira, Warner Bros. Pictures e Legendary Pictures anunciaram que Duna: Parte Dois fará sua estreia no serviço de streaming Max na terça-feira, 21 de maio. Duna: Parte Dois completa a adaptação do diretor Denis Villeneuve do icônico romance de ficção científica de 1965, “Duna”, de Frank Herbert, iniciado com Duna em 2021. O elenco de Duna: Parte Dois inclui Timothée Chalamet, Zendaya, Rebecca Ferguson, Josh Brolin, Austin Butler, Florence Pugh, Dave Bautista, Christopher Walken, Léa Seydoux, Souheila Yacoub, Stellan Skarsgård, Charlotte Rampling e Javier Bardem. Duna: Parte Dois recebeu aclamação da crítica e teve um retorno de bilheteria forte o suficiente (sendo um dos filmes de maior bilheteria em IMAX de todos os tempos) para que Warner Bros. e Legendary começassem o desenvolvimento de uma sequência, Dune: Messiah, que Villeneuve já está escrevendo.De acordo com a sinopse do filme, “Duna: Parte Dois explora a jornada mítica de Paul Atreides enquanto ele se une a Chani e os Fremen em um caminho de vingança contra os conspiradores que destruíram sua família. Enfrentando uma escolha entre o amor de sua vida e o destino do universo conhecido, ele se esforça para evitar um futuro terrível que apenas ele pode prever.”

Villeneuve dirigiu Duna: Parte Dois a partir de um roteiro que co-escreveu com Jon Spaihts, baseado em “Duna” de Herbert. Mary Parent, Cale Boyter, Patrick McCormick, Villeneuve e Tanya Lapointe foram os produtores de Duna: Parte Dois. Joshua Grode, Jon Spaihts, Thomas Tull, Herbert W. Gains, Brian Herbert, Byron Merritt, Kim Herbert, Richard P. Rubinstein e John Harrison atuaram como produtores executivos.

Patrick Cavanaugh, do ComicBook, deu uma pontuação de 4 em 5 estrelas em sua resenha de Duna: Parte Dois, escrevendo: “Duna de Herbert não é apenas uma jornada emocionante por si só, mas também serve como uma alegoria que explora temas de colonialismo, fanatismo, religião, imperialismo e a exploração de recursos naturais. Essas não são ideias totalmente agradáveis ao público, e Villeneuve consegue honrar esses temas enquanto também cria um épico de ficção científica envolvente. Não parece tão inspirador quanto o filme de estreia, mas isso funcionará a favor da história, pois não somos apresentados a elementos inflados arbitrariamente que se encaixariam nas sensibilidades orientadas para blockbusters vistas em tantas outras séries. Ainda assim, o fato de que um tomo tão inacessível pôde ser trazido à vida sem ter que sacrificar as complexidades dos personagens ou as alegorias deprimentes encontradas na fonte original faz com que a jornada de dois filmes seja um triunfo por si só, e mal podemos esperar para ver onde Messiah nos levará.”

Fonte: ComicBook

Continue lendo
Anúncio Comando Geek
Clique para comentar

Deixe uma resposta Community Verified icon Verified

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *